09
maio
09

Entenda como funciona o Novo Enem

* 200 questões – 50 de cada área: ciências naturais e humanas, linguagens e matemática

* 3 e 4 de outubro são as datas da nova prova.

* Resultado: O desempenho dos candidatos na parte objetiva será divulgado em 4 de dezembro, o final, Incluindo a redação, sai em 8 de janeiro de 2010.

* R$ 35: taxa de inscrição como o valor antigo feita exclusivamente pela internet.

* Isentos –  Alunos da rede pública ou bolsistas em escola particular.

* Usos – prova única; primeira fase; combinado à nota do vestibular tradicional e para seleção de estudantes para vagas remanescentes.

* Quem elabora –  As universidades federais e o Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira [Inep] vão formar um comitê para elaborar a prova

* O que cairá –  Serão cobradas quatro áreas do conhecimento [ciências naturais e humanas, linguagens e matemática], e uma redação.

* Conteúdo –  É o de ensino médio, com menos assuntos que a média de exames federais. O MEC ainda divulgará o que será cobrado.

* O que estudar – Por enquanto, o ideal é se preparar para duas provas: o vestibular tradicional e o novo Enem.

* Habilidades – A velha versão do exame testa apenas habilidades mais gerais, como a capacidade de interpretar textos e solucionar problemas da vida real – pouco conteúdo específico.

* Do Enem antigo – A prova manterá a contextualização das questões. 100 % delas serão calcadas em disciplinas de ensino médio.

* Quem aderiu – MEC e Andifes preferem ser cautelosos com o número de instituições que deverão aderir ao novo Enem.

* Particular – As instituições privadas poderão aderir ao sistema – A decisão é de cada instituição. 500 particulares já se declararam favoráveis.

* Estaduais –  O mesmo vale para instituições de responsabilidade dos Estados

* Unificação – Quando a universidade opta pelo Enem como única etapa do processo seletivo, as vagas das universidades que aderiram ficam disponíveis em um sistema eletrônico de inscrição, válido para todo o País. O estudante poderá escolher até cinco opções de curso.

* Mesma nota – Caso prefira, também pode usar a mesma nota em até cinco universidades diferentes.

* Uso da nota – O aluno receberá sua nota antes de se inscrever nos concursos e faculdades. Depois, ele irá consultar a média de desempenho para aquele curso por um sistema online de inscrições. A partir daí, pode enviar a nota para a universidade, que irá ou não aceitá-lo.

* 3 anos – é o tempo que o aluno tem para apresentar o seu desempenho. Se a nota não for boa, o candidato pode não usá-la e fazer uma outra prova.

* 1º e 2º anos – Alunos dos 1º e 2º anos do ensino médio não podem guardar a nota do Novo Enem até três anos

* Periodicidade –  Em 2009, o Enem será aplicado apenas uma vez, mas o MEC propôe mudança para duas a seis vezes ao ano. Para quem fizer o exame mais de uma vez nesse período, valerá a nota mais alta.

* Empate-  No caso de notas idênticas, o desempate será: maior nota na prova de linguagens, na de matemática e maior idade do candidato.

* Transferência – Para mudar de curso e de faculdade, o aluno vai pode usar ou não a nota do Enem Variável O uso da nota na transferência depende de cada universidade. Cotas –  A reserva de vagas permanece com a porcentagem estabelecida.

Fontes: A Tarde online, MEC, Andifes e INEP; em: 04/05/2009

Por Mirela Portugal


0 Responses to “Entenda como funciona o Novo Enem”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: