09
maio
09

No Enem 2008, 74,3% das escolas do país ficam abaixo da média nacional

Os dados do desempenho por escola no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2008 revelam que 74,3% das instituições de ensino tiraram notas inferiores à média obtida pelos estudantes no país – que foi de 50,52 pontos em 100 possíveis. Esse percentual representa um conjunto de 19.354 instituições – outras 13 ficaram na média. Superaram a média nacional 6.651 colégios, em um total de 26.018.

Apenas 0,1% das escolas fizeram mais que 75 pontos no Enem 2008

Média geral do Enem 2008, 50,52, média entre a nota geral de alunos do Brasil na redação (59,35 pontos) e na prova objetiva (41,69 pontos).

“As escolas que têm piores desempenhos, em geral, são as menores. Há muita escola pequena abaixo da média”, justifica o presidente do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), Reynaldo Fernandes. O instituto é o órgão responsável pela aplicação do exame.

Segundo Fernandes, as escolas maiores, que têm muitos alunos interessados no Enem, costumam ter melhores desempenhos. Daí, os alunos com boas médias ficariam concentrados em poucas escolas – levando a uma distorção: muitas escolas com baixas notas e poucas com boas.

Apenas 19 instituições de ensino conseguiram pontuações superiores a 75. A maior nota na edição de 2008 da prova ficou com o Colégio São Bento, do Rio de Janeiro, pelo segundo ano consecutivo. A instituição conseguiu 80,58 pontos, entre 100 possíveis, na média corrigida pelo Ministério da Educação.

A menor nota registrada foi de 25,11 pontos e pertence a uma escola de ensino indígena de Tocantinópolis, no Tocantins.

Estaduais e municipais na berlinda

As instituições estaduais com nota no Enem 2008 são 20.617 – o que equivale a 79,2% de todo conjunto que obteve conceitos na avaliação. Entre elas, o quadro é preocupante: 89,9% ficaram abaixo da média do país.

As escolas municipais que conseguiram nota no Enem tampouco mostraram desempenho satisfatório. Dos 436 colégios, 83% ficaram abaixo da média nacional de 50,52.

Já as 4.793 escolas particulares, que representam 18,4% do total de instituições de ensino com nota no Enem 2008, tiveram desempenho bem superior ao das estaduais e das municipais. Apenas 448 escolas ficaram abaixo da média nacional – o que significa que 9,3% das particulares não atingiram o patamar médio do país.

As instituições federais apresentaram comportamento semelhante aos das particulares: somente 15,3% ficaram abaixo da média brasileira no Enem 2008.

A média final da escola leva em conta a nota dos estudantes na prova objetiva e na redação do Enem. Depois de calcular o desempenho médio dos alunos, o Ministério da Educação (MEC) aplica um “fator de correção” a essa nota.

O ministério explica que realiza a correção porque nem todos os estudantes participam da prova. Assim, com cálculos matemáticos, o MEC consegue uma aproximação do que seria o desempenho real da escola se todos os alunos participassem.

Um exemplo para fazer a correção das notas é que, em geral, os alunos do ensino médio com interesse em fazer nível superior recorrem mais ao Enem do que os outros estudantes. Se esses alunos forem os melhores da escola, haverá uma distorção da média da escola – que ficaria aumentada.

MEC aplica fator de correção no desempenho das escolas

Abaixo do que pede o Prouni

O Enem é utilizado pelo MEC como forma de selecionar estudantes para o Prouni, programa federal que concede bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior.

O MEC exige que o candidato que queira concorrer ao benefício tenha média geral mínima no Enem de 45 pontos. Ao todo, das instituições, 39% tiveram notas inferiores a este patamar – o que corresponde a 10.160 escolas.

Ou seja, a média do Prouni já é inferior à média nacional e mais de um terço dos colégios não conseguem alcançá-la.

Participação no Enem

Das 26.665 escolas de ensino médio que constam no Censo Escolar, 24.253 tiveram alunos concluintes participando do exame em 2008. Isso significa que 90,9% dos colégios cadastrados no MEC tiveram pelo menos um estudante na avaliação.

O banco de dados divulgado pelo MEC contém 32.923 instituições. No entanto, 6.905 ficaram sem a nota final. Isso porque não tiveram nem dez alunos participando da avaliação. Para não distorcer os resultados, o ministério deixa as escolas com poucos alunos sem conceito.

Fonte: Adaptado UOL Vestibular, em 28/04/2009

Por Simone Harnik
Em São Paulo


0 Responses to “No Enem 2008, 74,3% das escolas do país ficam abaixo da média nacional”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: