23
jun
09

Pela primeira vez, Fuvest dá isenção de 50% na taxa de inscrição do vestibular

A Fuvest (Fundação Universitária para o Vestibular da USP) começa a receber nesta quinta-feira (25) os pedidos de isenção total ou parcial de taxa do vestibular 2010. A inscrição deve ser feita pelo site até o dia 10 de agosto. É a primeira vez que o processo seletivo terá isenção parcial (50%).

Na tentativa de conter a diminuição do número de alunos de escola pública em seu vestibular, a USP decidiu ampliar o contingente que terá direito a isenção da taxa (R$ 100): foi criado desconto de 50%, que atenderá candidatos com renda familiar per capita de até R$ 1.163.

Até o último vestibular, havia apenas isenção total, que exigia que o aluno tivesse renda familiar mais baixa -essa modalidade será mantida para 2010; a renda máxima pedida será de R$ 605. Como o critério era mais restritivo, 36 mil das 65 mil isenções não haviam sido preenchidas (55,4%) no vestibular 2009.

O baixo número de benefícios concedidos contribuiu para queda na participação dos alunos da escola pública entre os inscritos no exame (redução de 26,7% em três anos). Concluir os estudos na rede pública é uma das condições para o benefício.

Inscrição

Após a inscrição online, o candidato deve enviar para a Fuvest, por carta registrada, os documentos exigidos pedidos no edital para a comprovação da situação socieconômica e a ficha emitida ao término da inscrição. O endereço para envio é: Fuvest – Fundação Universitária para o Vestibular – Rua Alvarenga, 1945-1951, Butantã, CEP 05509-004, São Paulo, SP. Os documentos também podem ser entregues nos campi da USP durante os dias de inscrição nos postos da Coseas. A documentação deve ser postada até 10 de agosto.

Os postos da Coseas (Coordenadoria de Assistência Social da USP) terão computadores disponíveis para a inscrição (em caso de dificuldade de acesso a algum candidato) em todos os campi da USP, neste sábado (27) e no domingo (28). Serão disponibilizados micros também nos dias 4 e 5 de julho e 1, 2, 8 e 9 de agosto, das 8h às 17h.

Critérios para isenção

A avaliação econômica será realizada da seguinte maneira: a Coseas realizará uma triagem a fim de verificar se o formulário para solicitação de isenção encontra-se preenchido corretamente. Após essa verificação, os pedidos serão classificados de acordo com os seguintes critérios: renda por pessoa da família e demais itens constantes no questionário socioeconômico.

Para conseguir isenção, o candidato deve residir no Brasil e ter estudado ou estar estudando em escola pública e ter renda individual ou familiar per capita máxima de até R$ 605 (no caso de isenção total) ou de R$ 605,01 até o máximo de R$ 1.163 para ter 50% de redução na taxa. A qualquer momento, a Divisão de Promoção Social da Coseas poderá efetuar visita domiciliar à família do solicitante, como instrumento adicional de avaliação da situação socioeconômica do requerente.

A divulgação dos selecionados será feita em 23 de agosto. Os candidatos habilitados ou classificados devem se inscrever no vestibular de acordo com as normas que serão divulgadas pela Fuvest.

Fonte: Uol Vestibular


0 Responses to “Pela primeira vez, Fuvest dá isenção de 50% na taxa de inscrição do vestibular”



  1. Deixe um comentário

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: